Notícias

Atitude de pastor Silas Malafaia após vitória de Lula surpreende aliados de Bolsonaro

Até tu Malafaia?

Durante todo o governo do Jair Messias Bolsonaro, o pastor Silas Malafaia, da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, esteve ao lado do presidente.

PUBLICIDADE

Com a candidatura a reeleição de Jair Bolsonaro, Silas Malafaia que é um dos grandes líderes evangélicos do Brasil apoiou de maneira ferrenha o presidente e se tornou um dos maiores opositores de Luiz Inácio Lula da Silva.

Durante a campanha para a presidência da República nas eleições de 2022, houve uma grande campanha dos líderes evangélicos contra a candidatura de Lula, de acordo com relatos em várias igrejas por todo país pastores chegaram a fazer campanha em prol de Bolsonaro durante os cultos.

O assédio eleitoral dentro das igrejas evangélicas foi tão pesado que muitos fiéis deixaram de frequentar os cultos.

PUBLICIDADE

Veja a seguir o que ele falou.

Logo após a confirmação da vitória de Luiz Inácio Lula da Silva, na noite deste domingo (30), o principal apoiador do presidente Jair Bolsonaro tomou uma atitude inesperada e deixou os bolsonaristas em choque.

Silas Malafaia realizou um culto na noite de domingo, na sede da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, localizada no bairro da Penha, na cidade do Rio de Janeiro e convocou os fiéis que estavam na igreja a orarem pelo presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva.

“Vamos fazer uma oração. Vamos orar. Esse é o papel da igreja. Se a bíblia manda orar antes de tudo pelas autoridades, então vamos orar pelo novo governo que vem aí, é agora que nós vamos fazer isso”, começou Malafaia, que em seguida pediu “bênção sobre Lula, senadores, deputados e que a mão de Deus esteja sobre a nação”, encerrou o pastor.

PUBLICIDADE

Sobre o Autor

Fabiana Batista Stos

Jornalista digital, com mais de 10 anos de experiência em criação de conteúdo informativo e imparcial. Somente a imprensa livre tem o poder de defender os interesses e a liberdade do cidadão.