Famosos

Após trágica morte do filho, Cissa Guimarães diz que foi salva apenas por um acontecimento

A atriz relembrou o pior momento de sua vida ao perder seu filho mais novo.

Após trágica morte do filho, Cissa Guimarães diz que foi salva apenas por um acontecimento.

PUBLICIDADE

No ano de 2010, a atriz e apresentadora, Cissa Guimarães viveu um de seus piores momentos, uma tragédia que nenhuma mãe gostaria de passar. Rafael Mascarenhas, filho da apresentadora, sofreu um grave acidente quando estava andando de skate, Rafael passava por um túnel do Rio de Janeiro quando foi atropelado indo a óbito. Cissa até hoje não esconde sua tristeza ao falar da morte do filho querido.

Durante entrevista para à revista, a apresentadora relembrou toda a situação e comentou o que a ajudou muito a atravessar aquele momento difícil. No início da conversa, Cissa Guimarães falou sobre o espetáculo Doidas e Santas que voltará a entrar em cartaz e já foi visto por mais de 300 mil pessoas.

PUBLICIDADE

Ela disse que o trabalho foi o motivo de conseguir prosseguir sua vida depois da terrível morte do filho, Foi à primeira vez em três décadas de teatro que produzi uma peça. Fiz do meu jeito e com quem eu queria isso fez com que a atriz focasse em algo que ela realmente gostava e isso lhe deu forças para continuar prosseguindo com sua vida.

“Em julho aconteceu à passagem do Rafa. Voltar para o palco fez com que eu continuasse a respirar. Essa peça salvou a minha vida. No começo da temporada, a Josie Antello engravidou e nasceu meu afilhado, que ganhou o nome de Rafael”, disse ela.

PUBLICIDADE

Cissa Guimarães relembrou a morte de seu filho mais novo, o pior momento de toda sua vida, Rafael Mascarenhas, morreu em um acidente no Rio de Janeiro no dia 20 de julho de 2010, com seus 18 anos de idade e foi um duro golpe na vida de Cissa.

Perder um filho é algo realmente muito doloroso, na verdade a morte em si é algo difícil de aceitar, não estamos preparados para perder as pessoas que amamos, não estamos prontos para viver a saudade que isso trará em nosso coração, mas o fato é que a vida tem dessas coisas, pena que uns vão cedo demais, como foi o caso de Rafael que partiu com apenas 18 anos.